Youtuber bolsonarista que culpa mulheres por crise pode assumir Ministério da Saúde

Após a demissão de Nelson Teich do Ministério da Saúde, apoiadores de Olavo de Carvalho e do presidente Jair Bolsonaro passaram a fazer campanha nas redes sociais pela nomeação do psiquiatra Italo Marsili ao cargo.

 | (Foto: Reprodução)

Em vídeo compartilhado neste domingo (17) pelo youtuber Felipe Neto, o médico olavista ataca mulheres e diz que o voto feminino levou à crise na regência do Estado.

“Na democracia grega, a única do mundo que funcionou, não estava previsto o voto feminino. Quando o voto passa ser pleno, ou seja, mulheres e todo mundo pode votar, a gente vê que tem uma crise na regência do Estado. É muito fácil você convencer mulher de votar, é só você seduzi-la”, diz o médico no vídeo.

“Quando as mulheres tomam direito ao voto, a campanha publicitária eleitoral fica muito fácil. É só você fazer uma campanha populista, sedutora”, finaliza.

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Diante dos pedidos para que assuma a pasta, o psiquiatra disse que toparia e que “precisaria de apenas seis meses” para melhorar o Ministério da Saúde e colocar a mídia e a OMS em “seu lugar”. 

Com informações da Revista Fórum


CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: