Mulher arma ‘emboscada’ e mata homem que a estuprou há duas semanas



Um crime repercutiu no Estado de Minas Gerais, nesta quarta-feira (15): na noite de ontem (14), um homem de 45 anos foi assassinado na cidade de Capelinha, localizada no Vale do Jequitinhonha mineiro, e a principal suspeita é uma mulher de 44 anos que teria sido estuprada por ele há cerca de duas semanas. A mulher matou o homem após uma suposta “emboscada”. 
Reprodução
Segundo a Polícia Militar, a vítima do estupro aproveitou que o homem estava muito embriagado e adormeceu no sofá da residência dela para desferir golpes de machadinha. O caso ocorreu por volta das 19h desta terça-feira. 
“Ele entrou bêbado na casa dela, deitou no sofá e dormiu. Lá é um povoado pequeno, todo mundo conhece todo mundo… Por isso ele tomou essa liberdade para entrar na residência dela”, declarou o tenente Edmundo Leite, responsável pela comunicação da unidade que faz o policiamento de Capelinha.
A mulher precisou ser contida por uma conhecida e pela própria mãe para que os golpes fossem interrompidos. Um dos residentes do povoado chegou a acionar uma ambulância e o homem foi levado a uma unidade de saúde da região. Quando estava sendo transferido para outra, com mais estrutura, teve o óbito constatado.
A mulher confessou o crime e justificou o ato: ela afirma ter sido estuprada pelo homem no dia 3 deste mês. O abuso sexual não foi denunciado às autoridades. Ela foi detida e encaminhada à delegacia da região por homicídio consumado.
(Com informações do portal BHaz)
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: