João de Deus entra para a lista da Interpol


João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, é considerado foragido pela força-tarefa que o investiga em Goiás. “Poderá ser preso por qualquer autoridade policial brasileira ou estrangeira, com auxílio da Interpol, caso saia do país”, diz nota divulgada pelo Ministério Público de Goiás neste sábado. 

O MP afirma que a polícia não obteve sucesso ao tentar encontrar o médium em seus endereços e que “o comparecimento espontâneo não ocorreu nas 24 horas seguintes à ordem de prisão, a despeito das tentativas de negociação com a defesa”. A prisão preventiva de João de Deus foi decretada na sexta-feira (14).

Neste sábado, o advogado do líder espiritual, Alberto Toron, afirmou que ele iria se entregar espontaneamente. A defesa, porém, disse que não poderia comentar sobre quando isso se daria. Toron afirmou também que deve entrar com pedido de habeas corpus na segunda-feira.

Fonte: Veja.com
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: