» » Marina Silva anuncia pré-candidatura à Presidência


A ex-senadora Marina Silva decidiu colocar seu nome à disposição do partido Rede Sustentabilidade como possível candidata à Presidência da República no próximo ano, segundo anunciou em evento da Rede na tarde deste sábado (2), em Brasília.

A oficialização da pré-candidatura deverá ser aprovada em congresso nacional do partido, em abril de 2018. A definição da chapa, com possíveis partidos aliados, deverá ser feita até agosto do próximo ano, prazo para o registro da candidatura na Justiça Eleitoral. 

"Toda essa situação que o Brasil está vivendo exige de nós compromisso e exige de nós senso de responsabilidade. O compromisso e o senso de responsabilidade, sem querer ser a dona da verdade, me convoca para esse momento", afirmou Marina.

Marina afirmou que as próximas eleições não são o momento para candidatos que se apresentam como "salvadores da pátria" e que esta postura enfraquece a democracia. "Esse não é o momento para salvadores da pátria. A pátria é uma construção de todos nós", disse. 

"Só os tiranos oferecem um destino. Os democratas oferecem uma possibilidade de um mundo melhor, um país melhor, construído por homens e mulheres", afirmou. 

"Isso não fortalece a nossa democracia, isso não fortalece as nossas instituições, isso nos infantiliza politicamente", disse Marina.

O discurso como pré-candidata citou também o combate à corrupção e à crise econômica. "As pessoas querem majoritariamente o combate à corrupção, passar o Brasil a limpo", disse. "Quando alguém é privado do trabalho, ele está sendo privado de ser sujeito da sua própria história", afirmou.

Falando sobre corrupção, a ex-senadora criticou o que disse ver como uma reação da classe política à Operação Lava Jato e afirmou que cabe aos eleitores alterar nas urnas a composição do Congresso. "[A eleição de] 2018 é a oportunidade para cada homem e mulher de bem fazer a operação Lava Voto."

Apoio integral do partido
A candidatura de Marina tem amplo apoio do partido para disputar a Presidência. Seu nome foi aprovado por unanimidade nas convenções estaduais da Rede. No mais recente Datafolha, que saiu neste sábado, Marina teve 9% das intenções de voto, atrás de Lula (PT), que teve 34%, e de Jair Bolsonaro (PSC), com 17%.

A aposta do partido é a de que, ao tornar oficial a pré-candidatura, Marina tenha melhores condições de participar do debate nacional e de negociar alianças para a campanha em 2018.

Sobre as alianças políticas, Marina defendeu que os acordos sejam construídos com base no programa de governo e disse ser necessária uma candidatura capaz de "unir o Brasil em torno do que interessa".

"A grande mudança requer uma governabilidade diferente. Não é mais presidencialismo de coalizão, é presidencialismo de proposição. Propor um programa", afirmou.

A Rede dispõe de pouco tempo de propaganda eleitoral gratuita, calculado proporcionalmente à bancada de apenas quatro parlamentares na Câmara dos Deputados. 

O tamanho do partido também não indica facilidade para obter apoio no Congresso num futuro governo.

Em seu discurso ao anunciar a intenção de disputar a Presidência, Marina afirmou que o Brasil passa por uma de suas piores crises. "Agora chegou o momento em que o nosso país vive uma das piores crises que a gente pode imaginar. Uma crise política, uma crise ética, uma crise econômica."

O evento teve a participação da direção nacional da Rede e de lideranças do partido como a ex-senadora Heloísa Helena, o deputado federal Miro Teixeira (RJ) e o senador Randolfe Rodrigues (AP).

Na última campanha presidencial, em 2014, Marina terminou em terceiro lugar, com 21,3% dos votos válidos, o que representa o apoio de cerca de 22 milhões de eleitores. 

Naquele ano, o segundo turno foi disputado entre o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e Dilma Rousseff (PT), que foi reeleita para um segundo mandato.

Marina chegou a estar na segunda posição, mas perdeu votos para Aécio na reta final da campanha. Esta poderá ser a terceira vez que Marina disputa a Presidência. Em 2010, ela também terminou em terceiro lugar, com 19,33% dos votos.

Fonte: UOL

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!