» » Antes de julgamento e votação, Senado preparou ofício comunicando Supremo que "livrou" Aécio


Oito dias antes do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) autorizando o Legislativo a dar última palavra sobre ordens do Judiciário que afastam parlamentares, o Senado preparou ofício à 1ª Turma da Corte com a "a decisão do Plenário do Senado de rejeição das medidas cautelares em desfavor do senador" Aécio Neves (PSDB-MG) --denunciado pelo Ministério Público por corrupção passiva.

Em 26 de setembro, a 1ª Turma do tribunal afastou o tucano do mandato e determinou que ele ficasse em casa no período da noite e aos finais de semana. Em represália, os senadores ameaçaram votar se confirmariam o afastamento de Aécio. 
A votação foi marcada para 3 de outubro, mas adiada ao longo do dia à espera de uma solução com o Supremo --o que aconteceu apenas em 11 de outubro.

No entanto, já em 3 de outubro, o Senado preparou um ofício para comunicar o STF. O ofício número 1048/2017, da Comissão Diretora da Casa, foi separado para ele. No sistema da Casa, o documento ganhou o seguinte resumo: "Comunicação à Primeira Turma do STF sobre a decisão do Plenário do Senado de rejeição das medidas cautelares em desfavor do Sen. Aécio Neves".

Uol

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!