» » Colunista classifica nordestinos e nortistas como “ingênuos, cegos, surdos e mudos”


A colunista Eliane Cantanhêde, do jornal O Estado de São Paulo, em seu artigo diário que é replicado via rádio para todo o país, revelou nesta sexta, dia 1º, uma carga preconceituosa e discriminatória contra os pobres e miseráveis que vivem no Amazonas e nos demais estados do Norte e Nordeste.

Do Expressoam - Interpretando números de uma pesquisa nacional sobre como o juiz Sérgio Moro é avaliado na comparação com políticos de ponta e até ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Eliane afirma que o magistrado perde mais pontos nas classes D e E da parte de cima do Brasil.

É justamente no Norte e no Nordeste que o PT e particularmente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva são campeões de voto e têm os mais fiéis seguidores, cegos, surdos e mudos para quaisquer revelações da Lava Jato, que opõem Moro a Lula. Ali [nortistas e nordestinos], a versão de Lula vale mais do que os fatos de Moro”, diz ela em um dos trechos do artigo.

A visão geocêntrica da colunista consegue pinçar dentre os menos favorecidos do país um grupo mais segregado do que a própria segregação econômico-social já impõe a esse universo de brasileiros.

A estratificação geocêntrica sulista de Eliane permite que ela veja os nortistas e nordestinos como cidadãos e cidadãs ingênuos, “com menor escolaridade e maior ingenuidade”. Em resumo do seu artigo, ela sugere que essa parcela da população, desinformada, acredita mais no que Lula diz.

Esses “sem-estudo, desinformados e ingênuos” são, para Eliane, “cegos, surdos e mudos”, revelando aí a extensão da sua carga preconceituosa para os portadores de deficiência física.

A colunista, que é bem lida e ouvida também por essa parcela de brasileiros via rádio, hoje não foi feliz. A sugestão a Eliane dos nortistas e nordestinos, no mesmo barco dos pobres e miseráveis dos que vivem nas demais regiões do país quanto às agruras da vida, é que a jornalista acrescente conteúdos mais ricos das ciências humanas e sociais às suas avaliações.

Reduzir a gravidade do problema do país a uma disputa de torcida Moro x políticos, com desprezo à opinião pública, ainda que de “ingênuos”, não é um caminho que coopera para tirar esses brasileiros do modo com que Eliane Cantanhêde os enxerga.

Leia a íntegra do artigo “Mau humor generalizado” no Estadão.

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!