Camilo afirma que PDV de Temer é uma “medida errada”

“Acho uma medida errada!”, disse o governador Camilo Santana (PT), ao ser indagado sobre o Plano de Demissão Voluntária (PDV) baixada pelo presidente Michel Temer (PMDB) e que objetivo enxugar a máquina pública. O PDV, inclusive, já foi publicado, com regras, no Diário Oficial da União.

Camilo lamentou a medida, reconheceu ter a única meta de reduzir despesas com pessoal, no que aproveitou para destacar que, em sua gestão, vem fazendo o contrário.

“Eu, particularmente, acho uma decisão errada. Aqui no Ceará, nós estamos é contratando. É concurso para policias, militares, Detran, enfim…”

Indagado se o presidente Michel Temer, com votação da admissibilidade de denúncia contra ele – corrupção passiva e lavagem de dinheiro, não mereceria um PDV, preferiu se esquivar. Preferiu dizer que esse caso era com os deputados federais.

(Informações do Blog do Eliomar de Lima)
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: