Infectologista diz que o pico da pandemia no Brasil deve ser no fim de abril

O pico da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil deve acontecer entre os dias 25 e 30 de abril. Segundo o infectologista Fernando Bozza, da Fiocruz e do Instituto D'Or, é essencial que as medidas de isolamento no País sejam mantidas de forma rígida pelas próximas semanas.
VisualHunt
O argumento do especialista é embasado em algumas projeções de curto prazo realizadas por um grupo de médicos da Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-RJ), da Fiocruz e do Instituto D'Or. A intenção do projeto é identificar três cenários da Covid-19 no Brasil: otimista, mediano e pessimista.
"O isolamento funciona e está funcionando", afirmou Bozza, um dos autores do levantamento. "O cenário era para ser pior, não há a menor dúvida. É agora que precisamos ter mais cuidado: o único trunfo que temos agora é o isolamento. Se afrouxarmos essas medidas, não haverá leitos para todos. O pior ainda está por vir", completou ele sobre a pandemia de Covid-19.
Portal Meia Hora
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: