Grávida de 31 semanas morre por coronavírus e bebê sobrevive

Gravida de 31 semanas, uma fisioterapeuta morreu pelo novo coronavírus no ultimo domingo (5), em um hospital particular de Recife, em Pernambuco.
Viviane Albuquerque, fisioteurapeuta que morreu por coronavírus. | Reprodução/redes sociais.
O bebê foi retirado com vida em uma cirurgia cesariana e está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. O menino, que nasceu com dois quilos, chegou a ter uma parada cardíaca e foi reanimado.
A vítima, Viviane Albuquerque, estava internada desde o início da última semana, com sintomas da Covid-19. Na última segunda-feira (30) o resultado do exame diagnosticou para a doença. A fisioterapeuta foi levada para a UTI, mas não resistiu. Ela deixou outras duas filhas, gêmeas, de cinco anos.
A morte de Viviane foi confirmada pelo governo de Pernambuco nesta segunda-feira (6). Mais informações sobre o caso estão sendo apuradas pelas autoridades para serem divulgadas em nota oficial.
De acordo com a Secretaria da Saúde, o óbito e o procedimento da cesárea foram realizados em hospital particular. Até a manhã desta segunda, o Estado tinha 21 óbitos confirmados por coronavírus. Os dados não incluíam o caso de Viviane.
Com informações do Correio Braziliense
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: