Cerca de R$ 5,2 bi podem ser injetados na economia do Ceará com 13º salário

Cerca de R$ 5,2 bilhões poderão ser injetados na economia do Ceará com a liberação do 13º salário neste ano. O resultado equivale aproximadamente 15,6% do valor do Nordeste e 2,4% do Brasil, de acordo com o levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e divulgado nesta terça-feira (5).
Segundo o levantamento, o montante corresponde a 3,3% do Produto Interno Bruto (PIB) do Ceará. O segmento de empregados formalizados apresenta a maior contribuição para o PIB, correspondendo a 2,3%.

O volume real a ser recebido em 2019 será 1,8% menor que em 2018, de acordo com Reginaldo Aguiar, superintendente regional do Dieese. Apesar do otimismo para uma injeção de ânimo na economia, a liberação do 13º salário terá um efeito amenizado este ano devido a fatores como inadimplência e desemprego, pontua Aguiar.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: