Pesquisa confirma: Bolsonaro é o pior presidente da história do Brasil

Jair Bolsonaro é o presidente com pior avaliação nos três primeiros meses de mandato desde a redemocratização, de acordo com pesquisa do Datafolha divulgada neste domingo (7).


O levantamento, realizado nos dias 2 e 3 de abril, mostra que 32% consideram seu governo "ótimo ou bom"; 33%, "regular"; e 30%, "ruim ou péssimo".
Para efeito de comparação, Fernando Collor, o mais mal avaliado até então entre os presidentes recém-eleitos, teve 36% de "ótimo ou bom" no primeiro trimestre de sua gestão, contra 39% de Fernando Henrique Cardoso, 43% de Luiz Inácio Lula da Silva e 47% de Dilma Rousseff.

Quanto à porcentagem de eleitores que consideram o governo "ruim ou péssimo", Collor (19%), FHC (16%), Lula (10%) e Dilma (7%) também tiveram números melhores que Bolsonaro. Além disso, a quantidade de eleitores que esperavam um governo "ótimo ou bom" do capitão reformado caiu de 65% antes da posse para 59% no início de abril.

Outros 23% esperam uma gestão "ruim ou péssima", e 16%, um governo "regular". A taxa de "ótimo ou bom" do presidente é maior nas pessoas com renda familiar mensal de cinco a 10 salários mínimos (43%) e de mais de 10 salários mínimos (41%).

Já entre aqueles com renda inferior a dois salários mínimos e entre dois e cinco salários mínimos o índice cai para 26% e 36%, respectivamente. A desaprovação de Bolsonaro é maior no Nordeste (39%) e menor no Sul, no Norte e no Centro-Oeste (22%). O Datafolha ouviu 2.086 eleitores em 130 cidades, e a pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais.

Fonte: Terra
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: