Salitre: PC do B expulsa vereador e suplente requereu a vaga

Vereador empossado Cicero Batista (S/P) e Suplente de vereador Francisco Viana (PC do B).  (Foto: Reprodução Internet).

Um fato no mínimo inusitado na política de Salitre foi registrado no último dia 25/10, logo após a renúncia do vereador Dr. Edmilson Mirando (PTB) e consequentemente a posse do 1º suplente da coligação (PTB e PC do B) Cicero Batista (PC do B), o seu partido resolveu expulsa-lo e consequentemente requerer que fosse empossado o 2º suplente Francisco Viana da Costa (PC do B).

Entenda:

Por problemas na sua prestação de contas o vereador eleito com 581 votos em 5º lugar na eleição proporcional de 2016, o Dr. Edmilson Miranda (PTB) ficou impossibilitado de ser empossado na sua vaga da câmara, com essa impossibilidade o 1º suplente Cicero Batista (PC do B) que obteve 326 votos, assumiu a vaga por 1 ano e 5 meses quando a justiça decidiu que o Dr. Edmilson assumisse sua vaga onde lá ficou por 5 meses e em seguida renunciou.

Com a renúncia do Dr. Edmilson, mais uma vez Cicero Batista retorna ao legislativo salitrense, porém, segundo o parlamentar, foi tomando de surpresa ao receber um oficio do Partido Comunista do Brasil (PC do B) assinado pela secretária geral da sigla no município Luzinete Andrade do Nascimento dos Santos, onde lhe comunica da sua expulsão decidida em reunião da agremiação partidária datada do último dia 03 de setembro deste ano.
No mesmo dia da sua posse (25/10) o segundo suplente Viana Feliz da referida coligação que obteve 157 votos, protocolou oficio em papel timbrado do seu partido (PC do B) dirigido ao presidente da casa, vereador Ronaldo Pereira (PSB) onde requer que o mesmo seja empossado na vaga do Dr. Edmilson, alegando que o primeiro suplente está impossibilitado de assumir, pois segundo ele, com a expulsão de Cicero Batista, o mesmo já não é mais o primeiro suplente e sim ele. 
Um tanto quanto estrando o pensamento do suplente em dizer explicitamente no seu oficio que com a expulsão a figura do primeiro suplente deixa de existir.

A presidência da câmara não entendeu ao oficio do suplente Viana Felix e empossou o primeiro Cicero Batista agora sem partido como manda a Lei eleitoral.

Conversamos com o vereador Cicero Batista e ele disse que: “Fui tomado de surpresa por essa decisão de minha expulsão do partido, nenhum processo administrativo foi feito, não tive o direito de defesa e dos recursos as instâncias partidárias superiores como reza o estatuto da agremiação. ”

“Passei um ano e cinco meses como vereador interino e não tive nenhuma manifestação do PC do B, agora com a renúncia definitiva do Dr. Edmilson o partido resolve fazer de forma arbitrária a minha expulsão. ”

“Estou confiante de que não cometi nenhum ato que pudesse levar a minha exclusão dos quadros de filiados do partido, agora resta a mim trabalhar pelo povo de Salitre e ter muita fé em Deus. ” Finalizou.

Com informações Blog do Ferreira Junior.

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: