Torcidas organizadas pelo Brasil declaram apoio a Haddad; cearenses são neutras

As torcidas organizadas de vários clubes de futebol espalhados pelo país assinaram documento de Manifesto das Torcidas pelo Brasil, em apoio ao candidato Fernando Haddad (PT) nas eleições presidenciais 2018. O segundo turno acontece no próximo domingo, 28. Em apuração, O POVO Online entrou em contato com torcidas cearenses, que declararam neutralidade.
 
A liderança do Manifesto das Torcidas pelo Brasil é formada por grupos de esquerda, a Democracia Corinthians e o Porcomunas do Palmeiras. "Apoiamos a candidatura que representa a sobrevivência da democracia. Estamos em uma luta da democracia contra o autoritarismo!", é o que diz no documento. Fernando Haddad o recebeu na noite da última segunda-feira, 22, no teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).
 
A principal reivindicação do manifesto político para este momento é a promoção da democracia. "É preciso vir a público para manifestarmos e defendermos o Estado Democrático de Direito que conquistamos ao longo dos anos em que vivemos sob um regime militar. É preciso definir que tipo de sociedade que queremos ser! E nós queremos a democracia".
 
"É imensamente importante que tenhamos clareza e diálogo para nos posicionarmos nesse momento em nome da democracia e da liberdade. Caso contrário, todos os nossos sonhos e lutas terão sido em vão", diz o manifesto.
 
Posição neutra entre as cearenses
 
Em nota no instagram oficial da Leões da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF), foi esclarecido o não apoio da TUF a Haddad. "Como em outros posicionamentos, somos uma instituição apartidária. Ditos apartidários, prezam por manter distância entre o que é construído e/ou defendido dentro da organização e interesses quaisquer de qualquer partido político".
 
O grupo reforça ainda a abertura ao diálogo, "que visam interesses exclusivos de nossa instituição". A torcida Jovem Garra Tricolor (JGT) também é neutra e não declara apoio a nenhum dos candidatos à Presidência. "Cada diretor ou componente tem a liberdade para escolher o seu candidato da forma mais democrática possível".
 
O Movimento Organizado Força Independente do Ceará (Mofi), a Ceará Chopp e a Cearamor também declaram posição neutra nas eleições 2018. De acordo com o diretor de comunicação do grupo Joaquim Neto, a Cearamor é uma associação apartidária. "Perante a essas eleições, nós decidimos não nos manifestar em apoio a candidato nenhum. Mas a partir do momento em que decidirem brigar com o nosso movimento, nós vamos nos manifestar politicamente".
 
A torcida organizada do Ferroviário Atlético Clube (FAC), a Falange Coral se declarou também neutra. "Nós somos apartidários e somos contra os opressores do nosso movimento das torcidas organizadas", disse o membro da Falange Coral João Batista Silva.
 
Saiba
 
Pelo Brasil, 65 torcidas organizadas manifestaram apoio à vitória de Fernando Haddad (PT) à presidência. Assinaram o manifesto na noite da última segunda, 22, torcidas dos clubes de futebol ABC, América, Bahia, Brasil de Pelotas, Botafogo, Catanduvense, Caxias, Confiança, Corinthians, Cruzeiro, CSA, Flamengo, Grêmio, Guarani, Independente de Limeira, Internacional, Inter de Santa Maria, Juventus, Náutico, Nordeste, Noroeste, Palmeiras, Paulista de Jundiaí, Pelotas, Ponte Preta, Primavera, Remo, Sampaio Corrêa, Santa Cruz, Santo André, São Paulo, Sergipe, Sertãozinho, Sport, Treze, Vasco e Vitória.

O Povo.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: