Bolsonaro prega guerra e diz que não será Jairzinho paz e amor


Frustrado com a realização do segundo turno, depois de considerar sua vitória no primeiro líquida e certa, Bolsonaro deixou claro na manhã desta segunda que o clima eleitoral será de guerra; "Olha só, eu não posso virar o 'Jairzinho Paz e Amor' e me violentar. Eu tenho que continuar sendo a mesma pessoa. É lógico que a gente usa sinônimos, de vez em quando eu falava palavrões, eu não falo mais", disse Bolsonaro a uma rádio de extrema-direita.

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: