Bolsonaro tem plano para reduzir sua rejeição entre o eleitorado feminino

Para diminuir a rejeição feminina, um dos seus pontos fracos, o candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, adotou uma tática.

Segundo informa a Veja Online deste sábado, o capitão da reserva, orientando por marqueteiros, passou a levar sua mulher, Michelle, a vários compromissos de campanha.

Blog do Eliomar 
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: