Doria assina lei para "orar pelas autoridades da nação"

O governador de São Paulo, João Doria, autorizou a criação de uma lei que institui o Dia da Oração pelas Autoridades da Nação, em toda terceira segunda-feira do mês, no calendário de datas comemorativas do estado paulista.
Doria autorizou mais três leis que homenageiam sociedades evangélicas | Reprodução
A decisão foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (31).
Segundo informações da revista Veja, o projeto foi proposto pelos então deputados Chico Sardelli e Reinaldo Alguz, ambos do PV, em 2018. Apenas o segundo continua no parlamento.
Os defensores da lei em questão dizem que as autoridades não podem ser criticadas pela sociedade, mas esta deve orar por elas. “A Bíblia fala que toda autoridade é levantada por Deus, mesmo aquelas que nos fazem perecer”, diz o texto da proposta. “Pedimos que o povo passe a orar e não criticar as autoridades constituídas no estado de São Paulo e por toda a nação Brasileira”, justificam os criadores da lei.
OUTRAS LEIS RELIGIOSAS
Também foi promulgada, nesta quarta, a lei que cria o Dia da Escola Bíblica no Estado, comemorado todo ano no terceiro domingo de setembro. O objetivo é homenagear o projeto “pedagógico, cultural e religioso” das Escolas Bíblicas aplicadas em igrejas protestantes do mundo todo.
Além disso, Doria também autorizou a criação de outras duas leis para relembrar a sociedade evangélica. Um é o Dia da Assembleia de Deus Ministério de Madureira e o Dia da Igreja Sara Nossa Terra.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: