PT e PSDB se ajudam na disputa presidencial, diz Cid Gomes

Para o ex-governador Cid Gomes (PDT), existe um “pacto surdo” na “elite brasileira” para buscar um segundo turno entre e Lula (PT), ou seu candidato, e Alckmin (PSDB). Neste cenário, PT e PSDB “acabam se ajudando”. “É um pacto de manutenção do poder tradicional”, afirmou o pedetista em entrevista ao programa Focus.Jangadeiro, na Tribuna Bandnews. Cid atribui a este “pacto” o fato de a aliança para eleger Ciro Gomes (PDT) presidente ter minguado.

Para o ex-governador, há uma outra disputa dentro da corrida presidencial. Bolsonaro (PSL) e Alckmin brigam por uma “vaga da direita”, enquanto Ciro, Marina (Rede) e Lula concorrem pelo espaço de um progressista. Entre os nomes para a “vaga da esquerda”, na avaliação Cid, seu irmão é quem se sai melhor.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: