Minas pode reeditar disputa da eleição presidencial passada


Minas Gerais vai reviver o embate presidencial de 2014, entre Dilma Rousseff, do PT, e Aécio Neves, do PSDB, nas próximas eleições. Os dois disputaram a Presidência da República voto a voto no pleito passado quando a petista saiu vitoriosa.

Agora, Dilma e Aécio são candidatos ao senado em Minas Gerais e, de acordo com pesquisas publicadas recentemente, a disputa deve ser apertada.
Números da pesquisa DataPoder360, realizada por telefone, mostram quatro candidatos empatados tecnicamente e, entre eles, estão Dilma e Aécio. A candidata do PT soma 13% da preferência dos eleitores pesquisados, mesma percentagem de Bruno Siqueira, do MDB. O tucano contabiliza 12% e Carlos Viana, do PHS, aparece com 11%.Em outubro, os eleitores de Minas Gerais vão eleger dois candidatos ao Senado.

O DataPoder360 também ouviu o eleitor mineiro sobre a corrida pela Presidência da República.

Em Minas Gerais, o pré-candidato do PSL, Jair Bolsonaro, lidera as intenções de votos com 29% da preferência do eleitorado. Ciro Gomes, do PDT, e Fernando Hadadd, do PT, aparecem com 8%, cada, e estão empatados tecnicamente com Marina Silva, do Rede Sustentabilidade, e Geraldo Alckmin, do PSDB, com 6% cada um. Álvaro Dias, do Podemos, tem 5%. O nome do ex-presidente Lula não foi incluído na pesquisa.

Com Agência do Rádio Mais

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: