Mandetta diz que surto do novo coronavírus no Brasil está apenas no começo

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez um alerta e afirmou que o “surto do novo coronavírus no país está apenas começando”. As informações são de Jamil Chade, do UOL.

O ex-ministro alertou que o pico em Manaus já pode ter acontecido, e que em outros estados deve crescer.

O ex-ministro alertou que o pico em Manaus já pode ter acontecido, e que em outros estados deve      crescer. | Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Mandetta disse também que o Brasil pagará um preço alto como consequência dos atritos que o governo de Jair Bolsonaro criou com a China. Além disso, ele destacou que o foco deveria ser o combate ao vírus e não gerar brigas. 

“Primeiro precisamos enfrentar o coronavírus. Depois podemos lavar roupa suja”, disse ele em entrevista ao UOL.

Ontem (13), o ex-ministro disse em entrevista à ‘CNN’, que o Brasil deve ultrapassar a marca de 2 mil mortes por dia.

Ele revelou também que o surto que matou mais de 13 mil pessoas no Brasil está “no início”. E que, o pico já pode ter sido em Manaus e deve crescer em outras capitais.

O ex-ministro fez um alerta sobre a conscientização da população que encontra várias informações diferentes por parte do governo. “Eu dizia uma coisa e o presidente dizia outra”, disse.

O ministro também se mostrou preocupado com o desentendimento dos governos chinês e brasileiro. E  apontou a dificuldade para abastecer materiais de saúde.

“Cadê as máscaras? Estamos perdendo enfermeiros”, lamentou. Mandetta foi exonerado do cargo em abril, após vários desentendimentos públicos com o presidente Bolsonaro.

Com informações UOL


CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: