Projeto de Lei exige que professores façam exame para testar se usam drogas

O deputado estadual Alexandre Knoploch (PSL-RJ) protocolou um Projeto de Lei que obriga professores do Rio de Janeiro a fazerem exames sobre o uso de drogas ilícitas a cada 90 dias. Caso o projeto seja comprovado, o educador poderá ser afastado, ter o salário reduzido e, até mesmo, exonerado.
Teste seria feito a cada três meses. Projeto de Lei precisa ser aprovado pelos deputados e acatado pelo governador. | (Reprodução)
O projeto foi protocolado na última quarta-feira (26) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. A proposta vale tanto para os docentes da rede pública quanto da privada. O texto ainda precisa ser aprovado por deputados e sancionado pelo governador Wilson Witzel e ainda não há uma data para que o texto seja apreciado.
Na justificativa, o deputado afirma que existem casos no estado em que o professor não só estimula o uso de drogas ilícitas [dentro da sala de aula], como as utiliza junto aos jovens. Em seguida, ele lista uma série de três matéria em que professores aparecem como protagonistas no uso da droga. Alexandre ressaltou ainda que o ofício do professor é, também, o de formador de opinião, exemplo de conduta. 
(Com informações Metrópoles)
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: