Após ser baleado, sequestrador de dom Aloísio é mantido no IJF


Antônio Carlos Sousa Barbosa, o Carioca, de 52 anos - mentor e líder do sequestro do ex-arcebispo de Fortaleza, cardeal dom Aloísio Lorscheider - está internado no Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza. Seu estado é considerado grave. Ele deu entrada no hospital na manhã da última terça-feira, por volta das 11h30min, após ser atingido a bala numa rua da comunidade Oitão Preto, no Centro. O POVO Online apurou que chegou a ser levado para a sala de reanimação do hospital, por conta da gravidade dos ferimentos.
Carioca foi liberado do sistema prisional do Estado no fim de 2018, após cumprir o tempo máximo de 30 anos de cadeia, conforme a legislação penal brasileira. O sequestro foi em 1994 em visita do cardeal ao Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS). Desde maio do ano passado, ele estava finalizando sua pena no Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira (IPPOO) II, que passava dos 100 anos em diversas sentenças por assaltos, homicídios e sequestros - confirme processos registrados em comarcas do Ceará, São Paulo e Rio de Janeiro.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: