Ministro da Saúde defende adiamento das eleições deste ano


O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, defendeu que as eleições municipais, agendadas para o próximo mês de outubro, sejam adiadas por causa da epidemia de coronavírus.
O pleito está agendado para o mês de outubro, contudo as ações iniciam meses antes | Divulgação
A declaração foi proferida durante uma videoconferência com prefeitos ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 
“Faço aqui até uma sugestão. Está na hora de o Congresso falar: ‘adia’. Eleição no meio do ano… uma tragédia, porque vai todo mundo querer fazer ação política”, defendeu o ministro da saúde. 
Para Mandetta, o foco no momento deve ser no sentido de conter a disseminação do novo coronavírus.
Também na videoconferência, o ministro adiantou que, a exemplo da Itália, vai antecipar a formatura de novos médicos no país.
Com informações do portal Metrópoles

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: