Governo antecipa 13º de aposentadorias do INSS para conter crise provocada pelo coronavírus



Para fazer frente à crise provocada pelo novo coronavírus, o Ministério da Economia anunciou, nesta quinta-feira (12), que vai antecipar de novembro para abril o pagamento de R$ 23 bilhões referente à parcela de 50% do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS.

O governo também estuda mudanças no programa do saque imediato do FGTS, que liberou a retirada de recursos das contas dos trabalhadores no ano passado.

A decisão é parte de um conjunto de medidas anunciadas como forma de combater efeitos da crise provocada pelo novo coronavírus.

Em outra decisão do governo, também será proposto uma redução do teto dos juros de empréstimos consignados feitos pelos beneficiários do INSS.

Em nota, o Ministério da Economia afirmou que serão monitoradas as dimensões fiscal, creditícia, federativa, tributária, gestão pública, setor produtivo, e trabalho e Previdência. O grupo vai avaliar riscos potenciais e apresentar medidas que mitiguem os impactos econômicos causados no país.

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: