Crato recebe a V Mostra Itinerante de Cinema do Ceará


Com o objetivo de democratizar o acesso à cultura por meio de produções audiovisuais, a V Mostra Itinerante de Cinema do Ceará, uma realização da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, segue sua programação em 2019. Um caminhão transformado em sala de cinema pega a estrada com destino a cidades do interior do estado levando sessões gratuitas de filmes ao ar livre, entre os meses de maio e junho.  

A programação pode ser conferida na página oficial do evento no Facebook e para obter mais informações acesse o site da Secult. A iniciativa nasceu da necessidade de proporcionar a experiência do cinema para a parcela da população que não tem acesso às salas comerciais. Durante a programação, serão exibidos filmes de curta e longa-metragem, produzidos por diretores cearenses, com classificação indicativa livre.

A realização da V Mostra Itinerante de Cinema do Ceará é da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), com apoio da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc), parceria da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), em convênio com o Ministério da Cidadania, e apoio cultural do Banco do Nordeste e com produção executiva do Instituto Social de Arte e Cultura do Ceará (ISACC).

As produções selecionadas são: o longa “Padre Cícero: Os Milagres de Juazeiro”, obra de Helder Martins, e seis curtas e médias metragem que contemplam os gêneros consagrados na linguagem cinematográfica: os documentários “Becco do Cotovelo”, de Pedro Cela e Eduardo Cunha, “Couro Tecido”, de Adriana Barbalho, e “Negro lá, negro cá”, de Eduardo Cunha de Souza, as ficções “Céu Limpo” de Marcley de Aquino e Duarte Dias, e “Doce de Coco”, de Allan Deberton, e a animação “Esaú, o contador de história”, de André Dias.

A curadoria é de Duarte Dias, coordenador de audiovisual da Secult e curador de cinema do Cineteatro São Luiz. “Essas são, a nosso ver, as obras que, delimitadas num curto espaço de exibição, representarão os anseios de uma política cultural voltada para o audiovisual que não se resume apenas ao entretenimento, mas à reflexão e pensamento que a sétima arte é capaz de proporcionar”, esclarece.

Além das exibições, também faz parte da programação oficinas que propõem a prática de fazer cinema para crianças e adolescentes da rede pública de ensino. Serão realizadas as oficinas “Cineclubismo”, ministrada pelo realizador Henrique Dídimo, e “Cinema de Animação”, ministrada pelo realizador André Dias.

A Mostra segue até o mês de junho e passa pelas cidades de Pindoretama, Barreira, Redenção, Guaiúba, Pentecoste, Forquilha, Hidrolândia, Ipaporanga, Monsenhor Tabosa, Ibicuitinga, Quixadá, Banabuiú, Iguatu, Tarrafas, Potengi, Altaneira, Caririaçu, Crato, Jati, Jardim, Abaiara e Barbalha.

A V Mostra Itinerante de Cinema do Ceará é realizada pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e pela Secretaria de Educação (Seduc) com parceria da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), em convênio com o Ministério do Desenvolvimento. A produção executiva é do Instituto Social de Arte e Cultura do Ceará (Isaac) e apoio cultural do Banco do Nordeste. A programação completa pode ser conferida na página oficial do evento no Facebook e para obter mais informações acesse o site da Secult.

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: