Quatro estados e DF podem entrar em aceleração descontrolada do coronavírus

O Ministério da Saúde divulgou na última sexta-feira (3), um relatório informando quatro estados mais o Distrito Federal podem estar em transição de fase epidêmica do novo coronavírus. Isso significa que passariam de transmissão localizada para aceleração descontrolada da pandemia.
Os estados que podem ser afetados são São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro, Amazonas e Distrito Federal. | Marcello Casal Jr/Agência Brasil.
Os estados que podem ser afetados são São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro, Amazonas e Distrito Federal.
O relatório considera o Coeficiente de Incidência Nacional de 4,3 casos por 100.000 habitantes. Nas regiões preocupantes os coeficientes são: Distrito Federal – 13,2/100 mil; São Paulo – 9,7/100 mil; Ceará – 6,8/100 mil; Rio de Janeiro – 6,2/100 mil; Amazonas – 6,2/100 mil.
O Ministério da Saúde também está em alerta com relação ao número de profissionais da saúde diagnosticados com Covid-19. já que há carência de profissionais de área capacitados para utilizar equipamentos de ventilação mecânica, fisioterapia respiratória e cuidados avançados de enfermagem direcionados para o manejo clínico de pacientes graves e profissionais treinados na atenção primária para o manejo clínico de casos leves de Síndrome Gripal, expõe o relatório.
“As estratégias de distanciamento social adotadas pelos estados e municípios, contribuem para evitar o colapso dos sistemas locais de saúde”, reforça o ministério. A orientação é de que o distanciamento social continue sendo mantido até que o suprimento de equipamentos e equipes de saúde estejam disponíveis em quantidade suficiente, para só a partir dai promover a transição para o distanciamento social seletivo.
Um exemplo é a cidade de São Paulo, a estimativa é de que a taxa de transmissibilidade variava de R0>3 a R0<6, mas após as medidas de distanciamento social a taxa se aproxima de R0=2.
Com informações Catraca Livre
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: