“Me enganei sobre o Trump”, dispara Bolsonaro

Em entrevista ao Jornal da Record, da TV Record, na noite desta segunda-feira (2), o presidente Jair Bolsonaro já avalia que pode ter se enganado ao encampar uma política completamente subserviente aos Estados Unidos. Mais cedo, o presidente estadunidense, Donald Trump, anunciou pelo Twitter o aumento das tarifas de todo aço e alumínio importado do Brasil e da Argentina como retaliação à desvalorização “maciça” de suas moedas frente ao dólar.

De acordo com Bolsonaro, que mais cedo afirmou que, “qualquer coisa”, telefonaria para Trump, a equipe econômica do governo está tentando negociar o aumento das tarifas. “Caso não tenha sucesso, me enganei sobre Trump”, disparou.
AI-5
Na mesma entrevista, Bolsonaro defendeu o ministro da Economia, Paulo Guedes, por conta de declaração pró-AI-5. “Citar o AI-5 eu não vejo nada demais. Não vejo motivo para tanta pressão por causa disso aí. Pediram até a cabeça do Paulo Guedes por isso aí. Paulo Guedes está firme. O Brasil esta mudando com o comando do Paulo Guedes. No comando da questão econômica, evidentemente”, afirmou.
“Não existe isso de cassar direitos. Se quiser cassar direitos, tem que passar pelo Parlamento”, completou.
O presidente disse também que seu maior mérito tem sido a escolha dos ministros e afirmou não enxergar erros no governo. “Não vi erro no governo. Se tivemos pequenas falhas, peço desculpas”, disse ainda.
Com informações da Revista Fórum.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: