Tiririca revela que usou dinheiro público para pagar viagens

Reprodução/Câmara dos Deputados
O deputado federal Tiririca (PL-SP) revelou que usou cerca de R$ 70 mil em dinheiro público para pagar viagens para Fortaleza, no Ceará, onde moram seus familiares. O parlamentar está sendo investigado pelo Ministério Público Federal (MPF). O deputado, que tem domicílio eleitoral em São Paulo, viajou 35 vezes para o estado. A informação foi confirmada por ele mesmo à Câmara dos Deputaods. 
"Justamente em razão da atual residência de minha família em Fortaleza/CE, que acredito ser transitória, as passagens aéreas emitidas neste ano referem-se ao trecho Brasília/Fortaleza", disse Tiririca.
O regime interno da Câmara afirma que é proibido uso da cota parlamentar para fins particulares. O deputado alegou que, apesar de ser o estado em que sua família mora, as viagens foram feitas com o intuito de tratar assuntos referentes ao seu mandato. O parlamentar ainda pagou passagens para seus assessores. 
"Permitir meu deslocamento entre o Parlamento e o local aonde hoje estão temporariamente residindo meus familiares, ou seja, no interesse exclusivo da função que honrosamente exerço. Bem por isso é que, por vezes, e também no interesse do múnus que me foi conferido pelas urnas, alguns assessores precisaram se deslocar de Brasília a Fortaleza para resolver pendências e assuntos parlamentares urgentes", afirmou.
De acordo com Tiririca, os deslocamentos não fogem às regras do regimento da Casa. Porém, um ato da mesa diretora da Câmara que está tratando do assunto afirma que os gastos devem estar "exclusivamente vinculados ao exercício da atividade parlamentar". 
(Com informações do IG)
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: