Aluna admite forjar acusação de estupro no Ceará, e estudante que era denunciado é solto

Uma adolescente admitiu ter forjado uma acusação de estupro contra um estudante da Universidade do Ceará (UFC), segundo informou nesta quinta-feira (31) a Polícia Civil. O estudante que era apontado pela aluna como autor do crime teve a prisão revogada.


A Polícia Civil mantém a investigação de outras denúncias de estupros relatados por alunas da universidade. A polícia não informou se o estudante solto nesta quinta é investigado como suspeito nos demais casos.

Ainda conforme a polícia, a jovem que fingiu ter sido estuprada disse que sofreu o crime sexual em via pública. Ela reconheceu o suspeito no dia 25 de outubro, mas voltou atrás em novo depoimento no dia 28, confessando que a história foi inventada por ela mesma.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), as investigações descobriram que a adolescente criou contas falsas em rede social e enviava mensagens de ameaça para ela mesma. A adolescente, então, confessou a falsa versão à polícia.

Após a confissão, o universitário teve revogada a prisão temporária, até que as investigações sejam concluídas. Segundo a Secretaria da Segurança, as equipes de investigação não encontraram provas contra o estudante detido e concluíram que não havia fundamento nas alegações apontadas pela suposta vítima.

Por conta do relato inverídico, a testemunha, menor de idade, vai responder por ato infracional análogo ao crime de denunciação caluniosa. O caso foi transferido para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Por G1 CE
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: