Rafael Cardoso se vê envolvido em polêmica entre Bolsonaro e Globo e diz que foi hackeado

O ator Rafael Cardoso, 33, causou alvoroço nas redes sociais nesta quarta-feira (30), após supostamente reagir a uma publicação do senador Flávio Bolsonaro (PSL) contra a emissora Rede Globo, onde trabalha.

A postagem do filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) dizia na legenda: "Mais uma covardia da Rede Globo. Mais uma matéria porca da Globo. Caso Marielle". A frase vinha logo abaixo de um vídeo em que Bolsonaro critica a reportagem veiculada na noite de terça-feira (29), pelo Jornal Nacional.
No entanto, após os seguidores do artista estranharem o seu comportamento, Rafael decidiu se pronunciar sobre o ocorrido através do Instagram. Ele contou que não foi ele quem curtiu a postagem. "Estou gravando esse vídeo para deixar claro que o meu Instagram foi hackeado. Começaram a seguir um monte de gente. Estou aqui em Cancún gravando a próxima novela da 19h que inclusive é da Rede Globo, que é a empresa que eu trabalho. Eu não me envolvo com política. Sou envolvido com sustentabilidade, que é o que me interessa", disse.


Entre os perfis seguidos citados por Cardoso estão o do ministro Sérgio Moro, o empresário Luciano Hang, entre outros apoiadores do presidente.
Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do ator confirmou que o mal-entendido foi causado por um invasor, que teria tentado entrar na conta do ator já na semana passada. "Acessaram o perfil dele de outro aparelho, mas ele mudou a senha. Já entramos em contato com a rede social para pedir orientações de segurança", afirmou.
Rafael é casado com Mariana Bridi, 31, filha da jornalista Sônia Bridi que também trabalha na emissora.   
FOLHAPRESS
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: