Maragogi decreta estado de alerta máximo por manchas de óleo

Maragogi, conhecido como um dos principais pontos turísticos de Alagoas, decretou estado de alerta máximo por conta das manchas de petróleo que atingem praias do Nordeste. 
Divulgação
O decreto foi publicado na edição da última segunda-feira (28), no Diário Oficial dos Municípios de Alagoas, e determina que, até o dia 23 de dezembro, todos os resíduos de óleo que surgirem no litoral do município devem ser recolhidos e encaminhados para “destinação ambientalmente correta”. 
Além disso, uma das determinações do decreto, foi a criação de um Grupo Técnico de Acompanhamento para monitorar a situação das praias. Outros dois municípios do estado apresentam situação de emergência. Sergipe, Bahia e Pernambuco já tiveram a situação reconhecida pelo governo federal.
No último dia 25 de outubro, Japaratinga, também no litoral de Alagoas, declarou situação de emergência e informou que é uma das cidades “mais afetadas pelo vazamento do óleo nas praias da região”. 
O decreto também informa que, há mais de dois meses, Maragogi é atingido pelo material e que a atividade turística “depende fundamentalmente das condições de balneabilidade das praias e integridade dos atributos naturais”. 
Com informações da Veja
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: