não mexer

header ads

Mulher de Campos Sales conhece homem pela internet e fica oito meses em cárcere privado no Piauí.

Depois de passar oito meses em cárcere privado, uma mulher natural de Campos Sales, no Cariri, conseguiu escapar de um homem de 50 anos, suspeito de mantê-la presa em sua casa em Água Branca, no Piauí. Durante o período, conforme relatou, ela chegou a engravidar e ser obrigada a abortar. 

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

De acordo com a polícia, a mulher aproveitou um momento em que o homem foi para a porta de casa, falar com um vizinho, para pular o muro do quintal e fugir. Ao chegar à rua, ela conseguiu pedir ajuda a uma viatura da PM que passava pela região. 

Conforme relatos da vítima, o homem a mantinha sob abusos físicos, sexuais e psicológicos. De acordo com o delegado Bruno Luz, titular da cidade, a vítima tem 48 anos e conheceu o homem em um site de relacionamentos. As cidades ficam a cerca de 350 km de distância. 

“Ele nega que tenha praticado, mas pelas declarações dela, ele subjugava ela porque ela era mulher. Ela disse que chegou a ficar grávida dele e teve que praticar um aborto. Ela foi levada a um hospital para coletar sangue e detectar presença de BETA HGC, mas não foi identificado devido ao tempo. Mas isso continuará sendo investigado”, explicou o delegado ao g1.

Postar um comentário

0 Comentários