não mexer

header ads

Veja a diferença de Lula e Bolsonaro após Auxílio de R$ 600.

Uma pesquisa encomendada pela Genial Investimentos e realizada pela Quaest Consultoria mostrou nesta quarta-feira (17) que o pagamento do Auxílio Brasil no valor de R$ 600 não afetou o desempenho dos candidatos a presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Esta foi a primeira rodada da pesquisa feita pela Quaest depois do pagamento dos R$ 600 do Auxílio Brasil.

Reprodução

Lula continua liderando com 45%, seguido de Bolsonaro, com 33%. A pesquisa mostra um cenário estimulado, quando o entrevistado recebe uma lista prévia com os nomes dos candidatos.

Em terceiro está Ciro Gomes (PDT) com 6% empatado tecnicamente com Simone Tebet (MDB), que tem 3% das intenções de voto. Os outros candidatos não pontuaram. A margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Essa foi a primeira rodada da pesquisa feita pela Quaest depois do pagamento dos R$ 600 do Auxílio Brasil.

Como Lula tem 45% das intenções de votos e os demais candidatos juntos 42%, é possível que o petista ganhe no primeiro turno. Contudo, pela margem de erro, a vitória não é assegurada, Lula varia entre 43% e 47% e os demais candidatos 44%.

A pesquisa foi realizada com 2.000 pessoas face a face, nos dias 11 e 14 de agosto. O instituto aponta o índice de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-01167/2022 e custou R$ 139.005,86.

Confira o ranking completo

Lula (PT): 45%

Jair Bolsonaro (PL): 33%

Ciro Gomes (PDT): 6%

Simone Tebet (MDB): 3%

Vera Lúcia (PSTU): 0%

Felipe D'Avila (Novo): 0%

Eymael (DC): 0%

Sofia Manzano (PCB): 0%

Soraya Thronicke (União Brasil): 0%

Leonardo Péricles (UP): 0%

Brancos/Nulos/Não vai votar: 6%

Com informações da CNN BRASIL

Postar um comentário

0 Comentários