não mexer

header ads

Mãe deixa bolsa cair com arma engatilhada e mata filha.

Um caso chocou a população de Vila Velha, no Espírito Santo (ES), nesta semana. Um simples descuido marcou para sempre, de forma trágica, a vida de uma família. 

Segundo a Polícia Civil, a arma era uma garrucha calibre .32, que pertencia à família e foi herdada por um parente que já havia morrido.

Nayani Gonandy tinha 32 anos e deixou três filhos. | ( Reprodução )

Uma mulher morreu após sua mãe deixar cair uma bolsa, que dentro estava uma arma engatilhada, e a mesa disparar e atingir a vítima. Ela não resistiu ao ferimento e morreu.  

Nayani Gonandy, de 32 anos, foi morta após acidentalmente levar um tiro. A mãe da vítima - que não teve o nome divulgado - limpava um móvel, quando derrubou uma bolsa com uma arma engatilhada, que disparou, acertando a vítima. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na terça-feira (3). 

Segundo a Polícia Civil, a arma era uma garrucha calibre .32, que pertencia à família e foi herdada por um parente que já havia morrido.

A responsável pelo disparo foi autuada em flagrante por homicídio culposo e por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. A Justiça do Espírito Santo concedeu liberdade provisória para a mãe, de 56 anos. Ela chegou a ser encaminhada para o sistema prisional, mas irá responder em liberdade.

A arma foi apreendida e encaminhada para o setor do Departamento de Criminalística - Balística.

O corpo de Nayani foi encaminhado para o DML (Departamento Médico Legal) de Vitória, onde passou por exame cadavérico. O sepultamento ocorreu nesta sexta-feira (06).

Com informações de UOL

Postar um comentário

0 Comentários