não mexer

header ads

Bancada federal do Ceará entra na briga para tentar evitar perda de território para o Piauí.

Após movimento da governadora Izolda Cela, que jogou luz no litígio entre Ceará e Piauí por territórios na divisa, a Bancada Federal cearense no Congresso Nacional se movimenta para entrar na questão. O coordenador da bancada, deputado federal Júnior Mano (PL), defende a entrada dos parlamentares federais cearenses na questão que será resolvida pelo Supremo Tribunal Federal. 

Ele protocolou um ofício endereçado ao gabinete da ministra Cármem Lúcia, relatora do processo no STF, pedindo audiência para tratar do tema do litígio. Em 2011, o vizinho Estado do Piauí protocolou uma Ação Cível Originária (ACO) pedindo a incorporação de parte de municípios cearenses, que ficam na divisa, ao seu território. 

A disputa entre os dois estados compreende um território de aproximadamente 3.000 km², onde vivem 25 mil pessoas, localizado na região da Serra da Ibiapaba.

Postar um comentário

0 Comentários