não mexer

header ads

Achado morto no lixão de Campos Sales jovem de 19 anos desaparecido há cinco dias

Após um mês e uma semana sem o registro de homicídios em Campos Sales, uma pessoa foi encontrada morta com tiros na cabeça e na nuca na tarde desta quarta-feira. Por volta das 13 horas o corpo do jovem Augusto Dário dos Santos, de 19 anos, que residia na Rua Travessa Saraiva (Bairro Guarani), foi encontrado no aterro sanitário de Campos Sales pelos próprios familiares. Ela estava desaparecido desde sexta-feira quando saiu de casa dizendo que ía para um forró.

O cadáver já estava em avançado estado de decomposição e putrefeito e o mesmo não tinha passagens pela polícia num caso envolto em mistério.

Augusto residia no bairro Guarani em Campos Sales (Reprodução/Google Street View)

Inclusive, familiares já tinham registrado um BO (Boletim de Ocorrência) na Delegacia de Campos Sales e os próprios se puseram à procura do rapaz percorrendo espaços supostamente trilhados por ele. O cadáver já estava em avançado estado de decomposição e putrefeito e o mesmo não tinha passagens pela polícia num caso envolto em mistério.

Este foi o primeiro homicídio do mês de novembro em Campos Sales e o 27º do ano no município ou 237,5% a mais que os oito assassinatos registrados no decorrer do ano passado. O último deste ano tinha acontecido no dia 17 de outubro quando a aposentada Antonia de Assis de Alencar Silva, de 75 anos, foi morta a tiros dentro de sua casa no Sítio Inharé. Ela morava só e, segundo vizinhos, após os disparos, dois homens foram vistos saindo da casa da vítima numa moto num suposto crime de pistolagem.

Miséria

Postar um comentário

0 Comentários