não mexer

header ads

Weintraub é autuado em flagrante por descumprir lei e fala em perseguição

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi multado nesta segunda (15) pelo governo do Distrito Federal por não usar máscaras numa manifestação em Brasília no domingo (14).
Agência Brasil

"O autuado foi flagrado em espaço ou logradouro (Esplanada dos Ministérios) sem máscara de proteção (EPI) facial, de uso obrigatório", diz o documento.
A coluna antecipou que o governador do Distrito Federal, Ibneis Rocha, tinha decidido autuar o ministro pelo mau exemplo que ele tem dado ao desfilar pela cidade sem a proteção.
No domingo, Weintraub quebrou abertamente as regras ao comparecer a um protesto em Brasília organizado por apoiadores de Jair Bolsonaro.
Além de andar sem máscara, ele gerou aglomerações e conversou com as pessoas de forma próxima, contrariando orientações consensuais de distanciamento social para evitar a propagação do novo coronavírus.
“Parece que fui o único a ser multado até hoje! Além disso, vazaram para a imprensa meu CPF e RG. Querem me calar a qualquer custo!”, escreveu o Ministro da Educação no Twitter. Ele ainda adotou como imagem do perfil na rede social um desenho seu com mordaça na boca.

Recurso-me a acreditar que seja verdade. Não fui notificado. Parece que fui o único a ser multado até hoje! Além disso, vazaram para a imprensa meu CPF e RG. Querem me calar a qualquer custo!
LIBERDADE!!!

Ver imagem no Twitter


USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARAS
Em maio, Ibaneis Rocha baixou um decreto determinando que moradores do DF que não usarem máscaras serão multados.
O uso é obrigatório em todas as vias e espaços públicos, transportes públicos coletivos, estabelecimentos comerciais, industriais e espaços de prestação de serviço.
As máscaras são consideradas essenciais para evitar o contágio pelo novo coronavírus.
Com informações da Folhapress

Postar um comentário

0 Comentários