Comerciante que era contra isolamento perde marido e desabafa em vídeo

Uma comerciante do município de Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa, na Paraíba, gravou um vídeo lamentando a morte do marido, que foi diagnosticado com covid-19. No início da pandemia, ela fez uma gravação em que se mostrava contra o isolamento social. Agora, ela desabafou sobre o luto e pediu para que todos fiquem em casa. 
Reprodução
"Há 15 dias atrás eu escutava essa palavra ‘fique em casa’ e até cheguei a zombar. Cheguei na loja, fiz um vídeo dizendo ‘fique em casa, mas quem vai pagar nossas contas no final do mês, né’. Hoje eu digo, 'fique em casa, literalmente'", afirmou Silvana Cunha.
O marido de Silvana, Marco Cirino da Cunha, de 57 anos, era sargento da reserva da Polícia Militar e morreu na última quinta-feira (30) por Covid-19. Após a morte, ela foi para uma granja da família junto com o filho do casal, de apenas 10 anos.
"Esse vírus humilha os seres humanos, porque ele nos faz sentir inválidos diante da situação. Nem um 'Pai Nosso' deixaram eu fazer para ele", lamentou Silvana. 
Ela e o filho realizaram testes, e conforme detalha no vídeo, ambos deram negativo.
Veja o desabafo da comerciante. 


Com informações do portal T5
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: