Ceará é sexto estado com profissionais da saúde infectados

Governo do Ceará e Prefeitura de Fortaleza investem em equipamentos de proteção para reduzir os casos.
Foto: Tatiana Fortes/Sesa
O Ministério da Saúde aponta 31.790 profissionais da saúde infectados com o novo Coronavírus em todo o Brasil. Destes, 883 casos são no Ceará, sexto estado brasileiro em quantidade de casos, segundo o Observatório da Enfermagem, plataforma desenvolvida pelo Conselho Federal de Enfermagem (Confen).  

"A maior parte desses profissionais integrava pelo menos um grupo de risco. É inadmissível que estivessem expostos na linha de frente, contrariando as diretrizes sanitárias indicadas pelo Ministério da Saúde”, afirma o presidente do Cofen, Manoel Neri. “Somos seres humanos, sujeitos aos mesmos fatores de risco de qualquer pessoa, não somos máquinas. A escassez de Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) e o subdimensionamento das equipes também contribuem para o agravamento da pandemia entre profissionais de Enfermagem”, completa. 

De acordo com o secretário-substituto de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Eduardo Macário, até o momento foram identificados 199.768 profissionais de saúde com suspeita da Covid-19. Do total dos casos suspeitos, as modalidades mais atingidas são técnicos ou auxiliares de enfermagem (34,2%), enfermeiro (16,9%), médico (13,3%), recepcionista (4,3%).

No último sábado (9), Fortaleza recebeu 7,5 toneladas de equipamentos médicos de proteção. “Nós fizemos uma aquisição internacional de EPIs de máscaras cirúrgicas, máscaras N95 e macacões impermeáveis de uma empresa chinesa e estamos recebendo a segunda e terceira remessas que representam em torno de 20% da compra total realizada”, declarou a secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel. 

O Estado também fez aquisições semelhantes. “Enquanto os profissionais de saúde estão nas unidades hospitalares, os profissionais de segurança dos municípios e do Estado estão nas ruas garantindo a fiscalização e o isolamento”, afirmou. 

Somente no Ceará são aproximadamente 77 mil profissionais da enfermagem, entre enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. Todos esses profissionais são representados pelo Conselho Regional de Enfermagem (Coren-CE) no estado e pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) em âmbito nacional. 

Cnews

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: