Azul retoma voos de Juazeiro para Campinas e São Paulo a partir de junho

Após a Gol Linhas Aéreas anunciar o retorno dos voos ligando Juazeiro do Norte a São Paulo, foi a vez da Azul Linhas Aéreas afirmar que retorna a operar para o destino, com ligações diárias para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, e o Aeroporto Internacional de Guarulhos, na região metropolitana da capital paulista. Os voos de ambos serão operados com os modernos Airbus A320neo, com capacidade para até 174 passageiros. Uma das rotas, inclusive, começa em poucas semanas.

VoePass retoma voos entre Juazeiro a Fortaleza em julho; passagens voltam à venda

Retomando as operações de longo curso saindo do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, a Azul prevê para o próximo dia 1º de junho o retorno dos voos diários entre o Cariri e o sudeste do país. O voo pousa às 23h05 procedente de Viracopos, e parte de Juazeiro às 02h45, tendo uma escala em Petrolina (PE) antes de seguir para Campinas.

Já os voos para a capital paulista vão ocorrer durante toda a semana, com exceção das quartas-feiras, pousando no Orlando Bezerra às 01h40, e decolando rumo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, por volta das 02h40. A rota deve voltar a operar a partir do dia 1º de julho.

Ambas as operações já estão disponíveis para venda de passagens do site da companhia aérea.

No próximo mês de junho os voos da Azul com destino a Recife deixam de ter quatro frequências semanais, para voltarem a ser diários. A rota permanece durante o período da tarde, sendo pela manhã somente aos sábados, com aeronaves do tipo ATR 72-600, com capacidade para até 70 passageiros.

Barreira sanitária
Devido à pandemia do novo coronavírus, o Governo do Ceará, por meio da Secretaria do Estado (Sesa), tem implementado políticas públicas a fim de realizar a detecção rápida da Covid-19 e evitar a disseminação da doença no território cearense. Uma dessas iniciativas é o Projeto de Barreiras Sanitárias, realizado em aeroportos do Ceará.

A iniciativa conta com o apoio da Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE) na execução diária de barreiras sanitárias no aeroporto de Fortaleza e no de Juazeiro do Norte, ambos administrados por concessionárias multinacionais. Ao todo, 56 residentes dos 11 programas de residência em saúde da ESP/CE e três supervisores atuam no serviço.

As equipes realizam, na área de desembarque dos aeroportos, o serviço de aferição de temperatura corporal, triagem, repasse de informações sobre os sintomas da doença e, em caso de necessidade, encaminham o passageiro à rede de atenção à saúde. Os profissionais atuam em regime de escalas diurnas e noturnas, 24 horas por dia.

Devido a diminuição em torno de 90% na movimentação de passageiros no terminal juazeirense, a aferição no Aeroporto de Juazeiro do Norte chega a atender cerca de 100 a 180 pessoas por dia de operação.

Por George Wilson

Foto: Rodrigo Siebra

Fonte: Site Badalo


CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: