Brasileiros fazem exame a cada duas horas durante voo da China


Os brasileiros que embarcaram na sexta-feira (7) em Wuhan, cidade chinesa epicentro do surto do coronavírus, vão passar por testes de saúde a cada duas horas durante o voo que deve chegar ao Brasil entre a noite deste sábado (8) e a madruga domingo (9). A medida é de precaução, segundo o Ministério da Defesa.


Todos passaram nas inspeções de saúde realizadas pelas autoridades sanitárias chinesas e pelos médicos brasileiros antes do embarque. A expectativa é que nenhum apresente o vírus na chegada ao país. Mas farão exames frequentes no voo e durante a quarentena.


Os dois aviões da FAB que trazem o grupo devem fazer quatro escalas técnicas de reabastecimento: em Ürumqi, na China, Varsóvia, na Polônia, Las Palmas, na Espanha, e já no Brasil, em Fortaleza. Em Varsóvia, devem desembarcar quatro cidadãos poloneses, um indiano e uma chinesa.


Ao chegar à Base Aérea de Anápolis, em Goiás, os 34 brasileiros, além dos oito tripulantes, 14 integrantes da equipe médica e dois jornalistas, vão cumprir um período de quarentena de 18 dias.


A base aérea já está pronta para recebê-los e ganhou um "clima" de hotel. "A avaliação que fazemos é altamente positiva, visto que as instalações ficaram prontas hoje (sexta-feira 7), em tão curto tempo", afirmou o ministro Fernando Azevedo, ao destacar vistoria na base aérea.


Os brasileiros ficarão em apartamentos individuais e os que são pais ou mães poderão ficar no mesmo quarto dos filhos. O grupo inclui oito crianças de 2 anos e 12 anos de idade. As visitas estão proibidas.


A área reservada aos repatriados tem 900 metros quadrados. Eles terão atendimento médico e odontológico gratuito e receberão seis refeições diárias. O esquema será semelhante ao de um hotel, com serviço de quarto 24 horas e monitoramento permanente.


Também foi instalada brinquedoteca para as crianças, além de videogame. Até mesmo uma sala de cinema foi montada e servirá ainda como auditório coletivo, na área externa.


O uso de internet também está liberado, por meio de um rede WiFi, já que a comumicação com familiares será por meio de celular. Fora dos apartamentos, o uso de máscara de proteção será obrigatório, para evitar contaminação.



Fonte: R7
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: