"Peguei pra não ser adulterada depois", diz Bolsonaro sobre gravação da portaria do condomínio

E mais uma vez o presidente Jair Bolsonaro entrou em polêmica! O presidente da República, comentou neste sábado (2), que está com a gravação das ligações da portaria do Condomínio Vivendas da Barra, em mãos.
Presidente Bolsonaro nega ter autorizado a entrada de Élcio | REPRODUÇÃO
De acordo com Bolsonaro, ele pegou a gravação antes que alguém deturpasse a mídia. 
O nome de Jair Bolsonaro foi envolvido na execução da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson após uma reportagem exibida pelo Jornal Nacional, na última terça-feira (29), em que um porteiro do condomínio contou à polícia que o ex-policial militar Élcio de Queiroz, um dos suspeitos de participação no crime, esteve no local e disse que iria a uma casa, casa essa que pertence ao presidente, e que além disso o presidente teria atendido o interfone e o autorizado.
Queiroz, entretanto, seguiu para a casa de Lessa, também suspeito do assassinato, na mesma localidade. Porém, naquele horário, o então deputado Jair Bolsonaro estava em Brasília e participou de votações na Câmara no mesmo dia.
DOL
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: