'Fui trair meu marido polícia deu nisso', diz post macabro após assassinato de mulher

A mulher de um sargento da Polícia Militar foi encontrada morta dentro de casa. Mas, o que chocou mesmo, foi um post macabro feito depois do assassinato. As informações são do portal Metrópoles.
Após o assassinato, postagens foram feitas na rede social da vítima, apontando o que teria motivado o crime. | Reprodução
A vítima foi identificada como Patrícia Salviano de Irrthum, de 23 anos. A jovem foi baleada na nuca, na cabeça e no peito. 
O detalhe macabro é que, depois do assassinato, postagens foram feitas no status do WhatsApp dela. Uma das mensagens dizia: “Fui trair meu marido polícia deu nisso”.
O principal suspeito do crime é o marido da vítima. O sargento Glaysson de Souza Costa, 46 anos, está desaparecido após o crime.
O crime ocorreu no bairro Gávea, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Costa é lotado no 16º batalhão da PM, que fica em Belo Horizonte, e estaria de licença médica.
A polícia investiga a autoria, a motivação do assassinato e também quem publicou postagens na rede social da vítima.
Com informações do portal Metrópoles
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: