Caco de garrafa voa durante briga generalizada em festa e mata jovem de 20 anos

Uma briga generalizada em uma festa realizada em um centro comunitário terminou com a morte de Luana Farias de Oliveira, 20 anos.
 Reprodução
A jovem participava do evento com o marido e, durante o tumulto, foi ferida com um pedaço de garrafa quebrada no braço e pescoço, na madrugada do último domingo (3), em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.
Conforme informações da Polícia Militar, equipe recebeu diversas denúncias de perturbação da tranquilidade e briga na rua Elesbão Murtinho, onde estava sendo realizada a festa. No entanto, quando a guarnição chegou ao local, as festividades já haviam sido encerradas e não foi possível identificar as pessoas que participaram a confusão.
Pouco tempo depois, equipe voltou a ser acionada, desta vez para descolocamento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Guaicurus, onde havia uma vítima de agressão proveniente da mesma festa.
Médicos e enfermeiros relataram que Luana deu entrada na unidade socorrida por populares e apresentou parada cardiorrespiratória e lesões provocadas pelo objeto cortante no rosto, pescoço e braços, todos do lado esquerdo do corpo. Equipe chegou a tentar reanimar a jovem, mas ela não resistiu e morreu 20 minutos após chegar a UPA.
Esposo da vítima informou que estava com a mulher no centro comunitário, quando começou a briga generalizada e, após o fim da confusão, Luana reclamou que estava ferida no rosto e desmaiou. O esposo a pegou nos braços e levou até a unidade de saúde. Ele não soube informar quem poderia ser o agressor.
O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga como homicídio simples.
Por telefone, uma testemunha informou aos policiais civis a identidade e endereço de um possível suspeito, mas não deu detalhes sobre as circuntâncias que ocasionaram a briga. O caso será investigado .
Com informações do portal Correio do Estado
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: