Policial militar que atirou no ouvido da própria mulher é preso no Ceará

Um policial militar de 43 anos foi preso preventivamente na manhã desta quarta-feira (6) suspeito de atirar na própria mulher, em Fortaleza. Na última segunda-feira (4), o agente efetuou o disparo e deixou sua residência localizada no Bairro Montese, na capital.
De acordo com a Polícia Civil, uma equipe da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza deu o cumprimento ao mandado de prisão preventiva pela prática de tentativa de feminicídio. A Polícia Civil informou, por meio de nota que, as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias do crime.

A mulher do policial foi socorrida e encaminhada ao hospital. O PM se apresentou espontaneamente no 11º Distrito Policial (DP), em seguida, foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza.

CGD abre investigação
Por ter se apresentado espontaneamente, o agente de segurança foi ouvido e liberado. Ele foi autuado por tentativa de feminicídio e segue sendo investigado.

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) informou que tomou conhecimento do ocorrido e iniciou uma investigação na esfera administrativa.

G1 Ceará
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: