Manifestantes ocupam ruas de Nova Olinda para dizerem não a reforma da Previdência



O município de Nova Olinda, na microrregião do cariri, foi palco na manhã deste sábado, 30, de ato contra a reforma da Previdência.
Manifestantes ocupam ruas de Nova Olinda para dizeram
não a reforma da Previdência. (FOTO/Aglécio Dias).
A manifestação foi organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Nova Olinda em parceria com a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) e teve como temática “Movimentos Sociais na Rua Contra a Reforma da Previdência”.

A concentração ocorreu na Praça do Corredor Turístico da Avenida Perimetral Sul, onde houve reversamento de discursos e seguiram em caminhada pelas principais ruas da cidade.

O fotógrafo Aglécio Dias registrou o ato e segundo publicação em seu portal, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Nova Olinda, Socorro Santos (Corrinha) destacou que “movimentos como esse são importantes para dizer para a população e aos representantes políticos, que eles não concordam com essa Reforma da Previdência”. Para Corrinha, “da forma que está posta, essa reforma não serve para o trabalhador, pois retira direitos já conquistados, dificulta a vida do trabalhador do campo, principalmente o trabalhador rural, além de dificultar a vida do pequeno empresário e aposentados”.

A professora, ex-vereadora e representante da Associação dos Sindicatos dos Professores (APEOC), Socorro Matos, afirmou ao portal do Aglécio Dias que grupos mais afetados será o dos professores e conclamou todos para a luta. "Não vamos baixar a guarda diante de uma proposta tão indecente e tão imoral como é essa Reforma da Previdência", disse.

Os/as manifestantes ainda pararam em frente ao poder legislativo municipal e cobraram um posicionamento dos representantes políticos da cidade sobre a reforma e lembraram da eleição anterior, quando alguns dos deputados federais eleitos no Ceará, e que são à favor da reforma, vieram na cidade, por meio de políticos locais, para pedir votos.

De acordo com Aglécio Dias, dos 11 parlamentares do município, apenas Lourdes da Saúde (PRTB) participou do ato. A manifestação contou ainda com a presença do ex-vereador Beto Jeremias, representante do deputado federal Idilvan Alencar, que já se posicionou contra a reforma.

Fonte: Blog Negro Nicolau.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: