Cinco tios são presos por estuprarem sobrinha por dez anos no Crato

A cidade do Crato sofreu um abalo nesta sexta-feira com uma notícia que chocou a sociedade local. Uma adolescente de 17 anos acusa os próprios tios de a estuprarem durante 10 anos. Dos seis indivíduos denunciados, cinco acabaram presos na manhã desta sexta-feira (1º). Um está foragido. Segundo informações da Polícia, a mãe sabia dos abusos desde 2016.

A adolescente fez a denúncia, anonimamente, no fim de 2018. O caso foi investigado e agora a Justiça decidiu expedir seis mandados de prisão. Não foram divulgados os nomes dos acusados para preservar a vítima.
Conforme a invstigação, o assedio dos tios começaram após a morte do pai da vítima, quando ela tinha 7 anos de idade. A adolescente morava com a mãe e com os tios, irmãos do pai dela, num sítio, mas em casas diferentes.
A mãe da garota disse que tomou conhecimento do que os tios faziam em 2016 mas não denunciou por medo dos cunhados. A garota passará por tratamento psicológico. Os detidos têm mandados de prisão temporária e vão responder por estupro coletivo de vulnerável.
A prisão é de apenas 30 dias, mas a Justiça entende que o prazo será suficientes pra ouvir todos os depoimentos necessários e concluir as investigações. Depois desse prazo, eles ficar à disposição da justiça. Após ouvidos na Delegacia do Crato, os acusados serão levados a cadeia publica do município. A mãe e a filha não afirmaram se pediram proteção da Polícia após os homens saírem da prisão.
com informações do G1
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: