Prefeitura de Potengi incentiva o resgate da tradição no cultivo de Algodão

A Prefeitura de Potengi, através da secretaria de Agricultura e desenvolvimento, em parceria com a Universidade Federal do Cariri (UFCA), Embrapa e Adagri lançou na manhã da última sexta-feira, 15 de fevereiro, Câmara municipal de Potengi, o Projeto Ouro Branco. 
O mesmo visa incentivar o resgate da tradição no cultivo de Algodão no município. Na ocasião, todas as falas trataram sobre a importância desse projeto para o município, e para as famílias, que terão mais uma nova fonte de renda para o seu sustento e principalmente do resgate de uma cultura extinta e que outrora fora um dos principais cultivos.
Nicodemos Rodrigues relembrou, emocionado as vezes que testemunhou quando criança, cargas e mais cargas deste produto sendo vendidas, infinitas arrobas deste produto que eram produzidas na época principalmente, por José Alves Batista, que inclusive fora prefeito deste município. Nicodemos ressaltou em sua fala que a Prefeita Alizandra Gomes irá dar o total apoio, inclusive isentou os agricultores do pagamento da taxa de beneficiamento do produto, pois é de seu interesse manter o compromisso com o desenvolvimento socioeconômico do município, que visa resgatar a tradição e incentivar o cultivo desta cultura tão importante na nossa história que é o algodão, outrora chamado de Ouro Branco.
O Seminário sobre a revitalização da cultura de Algodão através do Projeto Ouro Branco, foi ministrado pelo professor da Universidade Ferderal do Cariri (UFCA) Sebastião Sousa, e o biólogo e integrante da Embrapa Algodão, Gildo Pereira, que falou sobre o cultivo de Algodão no Semiárido.
Se fez presente no evento Fiscais da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri). Trataram do manuseio, e das regras que tangem a produção do algodão.

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: