Devido a ataques criminosos, varas trabalhistas suspendem atendimentos

Os ataques criminosos que ocorrem desde a quarta-feira passada está alterando de forma significativa a rotina dos cearenses e o funcionamento até mesmo da Justiça. Nesta terça-feira as varas trabalhistas de Maracanaú, Caucaia e Pacajus suspenderam os atendimentos, após a publicação de uma Portaria que possibilita a suspensão provisória do serviço presencial em unidades do Interior e da Região Metropolitana, por conta dos ataques.

As varas do trabalho de Fortaleza (Fórum Autran Nunes) e a sede do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará, no entanto, permanecem em funcionamento normal. Conforme a decisão, cada Fórum deve decidir sobre a necessidade da suspensão. Segundo o Tribunal a decisão tem como objetivo assegurar a integridade física de funcionários e jurisdicionados.
A suspensão do atendimento ao público pode ocorrer até a próxima sexta-feira. Nas unidades com atendimento suspenso, os servidores continuam ema atividade por teletrabalho. O Tribunal informa que as audiências e prazos processuais não serão afetados, uma vez que já se encontram suspensos até o dia 20 de janeiro, em razão do determinado no artigo 220 do Código de Processo Civil.
COM INFORMAÇÕES DO TRT/CE
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: