Cirurgia de Bolsonaro pode durar de três a quatro horas

O presidente Jair Bolsonaro passa, hoje, por cirurgia para retirada da bolsa de colostomia e reconstrução do trânsito intestinal. A cirurgia começou por volta das 7h e deve durar de três a quatro horas. Já é a terceira cirurgia em quatro meses.

O presidente deverá ficar no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, por cerca de 10 dias. Nesse período, Bolsonaro pretende trabalhar normalmente, despachando com ministros e assessores, além de transmitir orientações para a equipe ministerial. Para isso, foi organizado um espaço provisório onde o presidente irá trabalhar.
Nos últimos meses, Bolsonaro ficou com a bolsa de colostomia junto ao corpo devido à facada que recebeu de Adélio Bispo de Oliveira durante caminhada na campanha eleitoral antes do segundo turno das eleições. A bolsa serve para encaminhar as fezes e os gases do intestino grosso para fora do corpo, na região abdominal. Esta é a terceira cirurgia à qual Bolsonaro é submetido desde o ataque.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: