Depois do Supremo, hora do Legislativo reivindicar seu reajuste salarial

Líderes do Congresso dizem que, após o presidente Michel Temer sancionar o reajuste do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal, haverá um movimento para que o Legislativo também engorde seu contracheque.
Deputados e senadores vão se agarrar no argumento de que há pressão dos servidores, informa a Folha de São Paulo.

Em consequência disso, que o contribuinte se prepare para o chamado efeito cascata, com reajuste salarial nos legislativos estaduais, tribunais e, no Ceará, até para delegado da Polícia Civil.

Fonte: Blog do Roberto Moreira.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: